Almoçando Arte

28 08 2010
Ontem eu tive certeza que é mais possível do que eu conseguia prever: dá pra juntar arte com qualquer coisa! Fui almoçar no Quintana, aqui em Curitiba, por sugestão e insistência da minha mãe – confesso que eu tinha outras preferências, mas meu tio indicou e ela queria ir lá.

Por fora

Quando entramos percebi que tinha alguma coisa a mais. Claro, que eu não me liguei que o nome do restaurante era em homenagem ao escritor Mario Quintana… Já no jardim, no caminho pra entrar no restaurante tinha uma parede com uma das milhares de frases famosas dele.
O Restaurante é super aconchegante, mas como não estou aqui pra falar nem do ambiente, nem da comida…. Falemos das paredes! Ah! me apaixonei! TODAS as paredes pra onde eu olhei tinham alguma frase de Mario Quintana, algumas com caricaturas do escritor, outras com imagens dele mesmo.

A melhor parede

Mas me surpreendi mesmo, na hora que fui até o caixa com a minha mãe, a quantidade de livros que tinha por ali! Gente, que coisa mais incrível! Me encantei! mesmo!

A Biblioteca

Pra mim, o almoço de ontem foi muito importante! Primeiro, porque depois de muito tempo, consegui escrever alguma coisa novamente (não foi pro Mestrado, mas foi por uma boa causa) e também, porque a minha vontade de aproximação, de desmistificação da arte existe. =)
O próximo lugar, aqui em Curitiba, que eu quero conhecer é o Brooklyn Coffee Shop, que eu li no blog Confissões de uma Doceira Amadora da Marina… Mas claro, ela escreveu sobre as gordices deliciosas de lá e me deixou morrendo de vontade de conhecer!
“Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.

Mãe, obrigada pelo almoço de ontem!

Anúncios




Um pedido de Desculpa…

16 08 2010

Eu juro, juro mesmo… que não desisti. Só que a vida é tão corrida e tanta coisa acontece ao mesmo tempo, que fica dificil, juntar tempo, inspiração e concentração (sim, esse último é fundamental, não posso ter elementos que me distaiam, se não, perco o foco).

Mas a verdade é que, muitas vezes me pego numa cilada: o blog era pra ser uma coisa mais cult (será?), com conteúdo e pra aproximar a arte das pessoas… quando vi, já não escrevia exatamente sobre o que eu tinha em mente no começo. Eu estava escrevendo sobre o que eu considerava arte; não que isso seja ruim, nem de perto eu acho que seja ruim, e não que isso não se encaixe no nome do blog (CONCEITO ARTE). Mas né?! Você tá lá, procurando sobre arte e dá de cara com um post sobre Hidden mickeys! Oi?!

Então, por meio deste post eu peço desculpas, ou não. Ainda não sei se quero pedir desculpa por escrever o que me vem a cabeça quando falo em arte acessível ou conceito. Mas sei que quero pedir desculpas por não escrever na frequência que eu gostaria, nem com a qualidade que eu acho digna, e isso são problemas individuais da autora.

Fica aqui a minha promessa, que vem do fundo do meu coração: pretendo SIM, escrever com mais frequência e também, migrar o blog pro domínio www.arteacessivel.com.br e espero que isso não demore muito!

=)